Revista Acontece Interior, Rio de Janeiro, Interior, Brasília, São Paulo

Domingo, 16 de Junho de 2024

Notícias/Política

PRÉ-CANDIDATO À PREFEITO EM PORTO REAL AILTON MARQUES É VÍTIMA DE FAKE NEWS E JUSTIÇA INTERVÉM

Decisão da Justiça determina a remoção das “mentiras” sobre o ex-prefeito

PRÉ-CANDIDATO À PREFEITO EM PORTO REAL AILTON MARQUES É VÍTIMA DE FAKE NEWS E JUSTIÇA INTERVÉM
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

PORTO REAL-RJ Pré-candidato à prefeito Ailton Marques é vítima de Fake News 

Em decisão enfática, a Juíza Priscilla Oddo, da 183ª Zona Eleitoral de Porto Real, na região das Agulhas Negras, Sul Fluminense, decide pela remoção de “Fake News” contra o pré-candidato a prefeito Ailton Marques (PDT). 

A decisão diz respeito à publicações em veículos de comunicação na Baixada Fluminense e na capital Rio. 

Publicidade

Leia Também:

Em resumo, as publicações informavam que o Ailton Marques estaria inelegível, o que segundo o próprio pré-candidato e também o entendimento da justiça, é mentira e não condiz com a verdade. 

“As pessoas maldosas que promovem esse tipo de desinformação não merecem nossa atenção, mas sim o rigor da lei. Minha candidatura está em total conformidade e eu tenho convicção de que o mal nunca vai vencer o bem. A verdade sempre vai prevalecer e ninguém nunca conseguirá censurar a vontade de um povo que deseja voltar a ser feliz”, afirmou o ex-prefeito e pré-candidato Ailton Marques. 

Resumo da Decisão da Justiça

“Dessa forma, como o assunto teve participação direta do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro nesta Comarca de Porto Real/RJ e se refere ao mesmo órgão que atua nesta Justiça Especializada, considerei necessária a manifestação prévia do Parquet para decidir o pedido de urgência.

Dessa forma, assiste razão ao representante em solicitar a retirada desse conteúdo que fora divulgado de maneira incorreta.

Assim sendo, concedo o pedido de tutela de urgência para que o referido conteúdo seja retirado sob pena de multa diária de R$1.000,00 (um mil reais).”

Por telefone, à equipe da Revista Acontece Interior, Ailton Marques, condenou o “jogo sujo” na pré-campanha. 

“A população de Porto Real, não merece isso. Eu proponho uma pré-campanha e, no momento certo, uma campanha, que apresente conteúdos e projetos para cidade. Não venham me atacar, pois o caminho para esse tipo de atitude baixa, será sempre a justiça”. Finalizou Ailton  Marques, sem especificar à quem ele estava se referindo. 

 

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!