Revista Acontece Interior, Rio de Janeiro, Interior, Brasília, São Paulo

Sabado, 13 de Julho de 2024

Notícias/Policial

VIOLÊNCIA EM RESENDE ALCANÇA NÍVEIS “A BEIRA DO INCONTROLÁVEL” COM MAIS DOIS ASSASSINATOS NESTA SEXTA FEIRA DIA 17

Os crimes ocorreram por volta das 7h da manhã no bairro Baixada Olaria e a população critica a ação da Polícia Militar

VIOLÊNCIA EM RESENDE ALCANÇA NÍVEIS “A BEIRA DO INCONTROLÁVEL” COM MAIS DOIS ASSASSINATOS NESTA SEXTA FEIRA DIA 17
Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Resende, RJ “Violência sem Controle”

A madrugada e a manhã desta sexta feira, dia 17 de março, foram de mais terror para a população de Resende no Sul Fluminense. Por volta da 4h (madrugada) Caixas eletrônicos do Banco Bradesco no bairro de Campos Elíseos (centro da cidade) foram incendiados. Policias militares estiveram no local e os bombeiros controlaram as chamas. Algumas horas depois, no início da manhã, dois homens foram mortos a tiros no bairro Baixada Olaria, periferia de Resende. Teria havido troca de tiros, muita confusão e moradores, revoltados, acusam a Polícia Militar de terem atirado. Até o fechamento dessa reportagem os nomes dos dois mortos não haviam sido confirmados.

Foi mais um dia de confrontos violentos em Resende, cuja população, desde janeiro deste ano, vem convivendo com o terror de assassinatos, confrontos e guerra de gangues, concentrados principalmente no conjunto de bairros da Cidade Alegria, onde vivem cerca de 60% da população da cidade. Números extra oficiais, mostram que já teriam morrido mais de 15 pessoas na cidade do início do início do ano até agora. Do último domingo até hoje (sexta-feira), teriam sido cindo assassinatos. São vítimas do confronto entre Grupos rivais na disputa por territórios do tráfico de drogas.

Publicidade

Leia Também:

Novo Comandante da PM está no cargo há 30 dias:  Em entrevista exclusiva à Revista Acontece Interior, o Coronel Marcelo Brasil, comandante do 37° Batalhão da Polícia Militar, que assumiu o cargo há um mês, disse que:

No caso dos dois homens mortos nesta manhã no bairro Baixada Olaria, que teriam sido traficantes os responsáveis pelos disparos, mas que foi aberto um inquérito interno para apurar as circunstâncias das mortes e que uma equipe da 5° DPJM está acompanhando as apurações.”

Sobre a onda de violência na cidade do início do ano para cá, o Coronel Brasil disse que “foi intensificada a presença de policiais nos principais pontos da Cidade Alegria e que os traficantes do Comando Vermelho estariam dispostos a enfrentar o policiamento a fim de forçar a retirada do Trailer da PM naquela região para favorecer o tráfico de drogas. Em paralelo há a disputa pelos territórios, mas que o trabalho irá continuar”

Sobre resultados dos trabalhos, o comandante do 37° BPM informou que: “Em menos de 30 dias foram apreendias cerca de 25 armas, drogas escondidas até dentro de descargas em banheiros. Nessa madrugada (dia 17/03) dois homens foram presos com armas e estão à disposição da justiça”

Reforço Policial a caminho:  Segundo informações de um representante da Polícia Militar, na próxima semana chegarão à cidade, mais 15 Policiais Militares para atuarem exclusivamente na Cidade Alegria e, se for preciso outros reforços podem ser requisitados.

Ponto de vista da população:

Representes de entidades de classe, moradores e até lideranças comunitárias de Resende, por medo, não querem ter suas identidades publicadas. Mas afirmam que a violência na cidade, chegou a um “nível insustentável e fora de controle.” Os dados oficiais dos órgãos de segurança pública do Governo do Estado, não mostram o que vem dizendo esses moradores de bairros da periferia, principalmente do começo do ano para cá. No conjunto “Cidade Alegria”, o receio de falar sobre o assunto, é evidente. Mas eles dizem que “as Polícias Militar e Civil, estão empenhadas em combater os crimes, mas que não estão conseguindo”. 

Um comerciante que tem 03 lojas na região dos confrontos, disse que as vendas registraram quedas de mais de 60% em dois meses e que o motivo é a violência. “Aqui não tem como a gente trabalhar mais. Nossos funcionários estão com medo. Nossos clientes estão com medo. Minha família está com medo. Eu estou com medo. Não podemos nem falar sobre esse tema. A cidade que já foi a Princesinha do Vale, hoje é território dos fora da lei. Pelo amor de Deus, nos ajudem”. Comentou o homem de 62 anos que não mora na região dos confrontos e, como os outros, não quer ser identificado. Entre moradores, líderes comunitários e até representares de Classes comercias, que também exigiram que suas identidades fossem preservadas, em resumo enfatizam o mesmo ponto: “A violência em Resende chegou a um ponto insustentável e fora de controle”

Legislativo:

O vereador pelo PL, Renan Marassi foi entrevistado pela equipe da Revista Acontece Interior. “O parlamento tem discutido sobre a necessidade de políticas públicas eficientes para os bairros. Mas na minha opinião, faltou investimento para prevenção nas regiões com maior vulnerabilidade. Os jovens estão sem perspectivas e acabam ingressando para as facções e consequentemente para o tráfico de drogas. A gente não vê o poder público praticar políticas sociais nesses bairros mais carentes. Não adianta apenas chegar com a polícia, que é a última alternativa e aí já é tarde. Infelizmente nós chegamos nesse ponto muito preocupante. Vamos continuar aqui no parlamento cobrando do executivo mais atuação nesse tema que chegou a um ponto insustentável.” Disse Renan Marassi.

Prefeito Diogo Balieiro: Nossa equipe tentou por várias vezes, na tarde desta sexta-feira, entrar em contato com o prefeito de Resende por meio da Assessoria de Comunicação da Prefeitura e por meio de seu gabinete onde foram deixados recados. Mas não houve retorno. A Revista Acontece Interior está à disposição para atualizar a reportagem com a posição da prefeitura.    

 

   

 

 

Comentários:

Veja também

SESC RJ
SESC RJ

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!