Revista Acontece Interior, Rio de Janeiro, Interior, Brasília, São Paulo

Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024

Notícias/Política

POR GRANDE MAIORIA CÂMARA DE BARRA DO PIRAÍ RECHAÇA PEDIDO DE IMPEACHMENT DO PREFEITO

Apenas dois vereadores votaram sim. Sete disseram não à proposta da vereadora de oposição, criticada de “oportunista política”

POR GRANDE MAIORIA CÂMARA DE BARRA DO PIRAÍ RECHAÇA PEDIDO DE IMPEACHMENT DO PREFEITO
Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

BARRA DO PIRAI, RJ Vereadores rechaçam pedido de impeachment do prefeito Mário Esteves. 

Em sessão realizada nesta terça-feira, dia 19 de setembro, os vereadores de Barra do Pirai, rechaçaram, o pedido de abertura de processo de impeachment do prefeito Mário Esteves. 

O resultado, (7 x 2), traduziu que a grande maioria dos parlamentares, entendeu que o impeachment sugerido pela vereadora Katia Miki, oposição ao governo, “é descabido e não tem fundamentos legais” 

Publicidade

Leia Também:

A sessão contou com a presença dos 11 vereadores, dos quais o presidente Rafael Couto e a parlamentar autora do pedido, não votaram. 

Katia Miki, uma das 02 vereadoras de Barra do Pirai, foi criticada por parte da população, por estar sendo “oportunista política, querendo se promover politicamente, em função de um erro na fala do prefeito, que já se desculpou pelo equívoco”. 

A vereadora se defendeu em plenário dizendo que “ela não estava sendo oportunista pelo momento, pois sempre defendeu a causa das mulheres”

Outro momento de críticas por parte da população, que esteve presente à câmara, foi direcionado ao vereador Pedrinho ADL. 

Responsável pela leitura do processo apresentado por Katia Miki, ele foi chamado de “autoritário, ao ameaçar de prisão, os manifestantes que o criticaram de parcialidade, durante partes de sua leitura”. 

O presidente Rafael Couto, chegou a chamar atenção do vereador Pedrinho ADL, durante a votação. “Vereador, para sermos imparciais e darmos o mesmo espaço a todos os pares, peço que seu voto seja anunciado sim ou não, sem manifestação, para sermos iguais a todos os outros vereadores que também não se manifestaram.” 

Rafael Couto, soube contornar e equilibrar as tensões durante as votações, pedindo “respeito da população presente na câmara, com os parlamentares, mas enfatizando que a Casa do Povo, é um espaço democrático que permite a livre manifestação popular” 

O FATO: Recentemente, durante um evento público, o Prefeito de Barra do Pirai, Mário Esteves, aproveitou o momento para, segundo ele, “chamar a atenção para questões sobre as altas taxas de natalidade em todo o pais, que acabam levando, em determinados casos, a difíceis situações sociais”. 

Mas em determinado momento, o prefeito citou equivocadamente a palavra “castração” quando, segundo ele, queria dizer “laqueadura, vasectomia, planejamento familiar, o que foi um  infeliz equívoco”. 

O prefeito publicou vídeos em suas redes sociais, “pedindo desculpas, pelo erro cometido, e enfatizou que não é misógino.”

Segue o link do Prefeito pedindo desculpas:

https://fb.watch/nayKq17L9S/?mibextid=znr7mo

Segue o Link da sessão da Câmara que rejeitou o pedido de impeachment do prefeito:

https://www.youtube.com/live/BsOuteKFz5Q?si=aDIVhmIznXmFmYLA

Vereadores contrários ao pedido de impeachment: 

Elves, Paulista Pet, Beto Jabá, Jeordane Perino, Joel Tinoco, Paulinho do Royal, Thiago Soares.

A favor: Pedrinho ADL e Roselli Enfermeira

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!