Revista Acontece Interior, Rio de Janeiro, Interior, Brasília, São Paulo

Sabado, 13 de Julho de 2024

Notícias/Educação

MUNIR NETO QUER LEVAR O DEBATE ‘VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS’ REALIZADO NA ALERJ TAMBÉM PARA VOLTA REDONDA

O debate na Alerj ocorreu essa semana e resultou em um importante documento a ser entregue ao executivo

MUNIR NETO QUER LEVAR O DEBATE ‘VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS’ REALIZADO NA ALERJ TAMBÉM PARA VOLTA REDONDA
Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

RIO DE JANEIRO, RJ Debate sobre Violência nas Escolas 

A Audiência Pública realizada essa semana (dia 10/05) na Ajerj, solicitada pela deputada Carla Machado e presidida pelo deputado Munir Neto, surtiu bons resultados e um importante documento a ser entregue ao governador Claudio Castro. 

Entre as principais propostas discutidas, estão a presença de psicólogos e assistentes sociais nas escolas, o controle da posse de armas e a mediação de conflitos. 

Publicidade

Leia Também:

Os trabalhos foram coordenados pela Comissão de Assuntos da Criança, do Adolescente e do Idoso da Alerj e reuniu parlamentares, especialistas, alunos e pais de estudantes na sede do Parlamento Fluminense. 

Durante a audiência, também foi apresentado um documento, produzido por mais de 100 pesquisadores de universidades e institutos brasileiros, que apontou as deficiências nas infraestruturas escolares e possíveis soluções para combater a violência estrutural escolar. 

O presidente do colegiado, deputado Munir Neto, garantiu que irá encaminhar as propostas apresentadas,  ao governador Castro e à secretária de Estado de Educação, Roberta Barreto. 

Volta Redonda: Munir Neto anunciou ainda, que vai realizar uma audiência pública na segunda-feira, dia 15 de maio, em Volta Redonda, para discutir o tema.

"O tema 'violência nas escolas e contra as escolas' é muito importante. Tivemos na  audiência pública na Alerj, a participação de vários deputados, de vários partidos. Tivemos palestras de mediadores, de pesquisadores, de pais e de alunos. Isso é muito importante para a gente encaminhar ao conhecimento do governador e da secretária de Educação todos os desejos da população. Nós vamos levar a carta, de mais de 100 pesquisadores, às mãos do Claudio Castro e da secretária, até semana que vem", afirmou Munir. 

A deputada Carla Machado enfatizou a importância do debate. 

“A união de esforços para protegermos as crianças é de extrema necessidade, principalmente neste momento em que a sociedade se encontra. É necessário promover uma atenção maior na área psicossocial, precisamos que os alunos tenham acesso a equipes multidisciplinares, à alimentação que ajude no desenvolvimento, além de ações de conscientização sobre diferentes deficiências.”

Principais Propostas: ações de controle da circulação de armas de fogo, promover a cultura da paz por meio de eventos, ações de combate ao bullying, mediação de conflitos, promoção da cultura e do lazer, métodos educacionais que respeitem a diversidade, combate a discursos neonazistas e extremistas, responsabilizar plataformas digitais onde ameaças e discursos de ódio são propagados, criação de canais locais para envio de denúncias. 

Comentários:

Veja também

SESC RJ
SESC RJ

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!