Revista Acontece Interior, Rio de Janeiro, Interior, Brasília, São Paulo

Sabado, 13 de Julho de 2024

Notícias/Policial

MÉDICO ÉRICK ALBUQUERQUE DE 37 ANOS NÃO RESITE À FACADA NO TÓRAX E MORRE NO HOSPITAL SÃO JOÃO BATISTA EM VOLTA REDONDA,RJ

Foram dois dias no CTI sob os cuidados da equipe médica na tentativa de reverter o gravíssimo quadro após a facada.

MÉDICO ÉRICK ALBUQUERQUE DE 37 ANOS NÃO RESITE À FACADA NO TÓRAX E MORRE NO HOSPITAL SÃO JOÃO BATISTA EM VOLTA REDONDA,RJ
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

VOLTA REDONDA, RJ Morre Médico Érick Albuquerque após facada no tórax com fotos reprodução 

Após dois dias sendo acompanhado pelo corpo médico do Hospital Público São João Batista em Volta Redonda, RJ, onde passou por cirurgias, o médico Érick Alves Pinto de Albuquerque, de 37 anos, não resistiu e morreu no início da manhã desta quarta-feira, dia 31 de janeiro.  Érick estava internado no CTI desde a manhã da última segunda feria, dia 29, após ter sido esfaqueado na altura do tórax quando estava no bairro Jardim Paraíba, em Volta Redonda.

O acusado de ser autor do homicídio, preso em flagrante pela polícia durante um depoimento na delegacia, deverá ser encaminhado para o sistema prisional, onde aguardará pelos tramites da justiça. De acordo com as investigações, o autor da facada foi identificado como sendo atual namorado da ex companheira de Érick. O crime teria ocorrido, no momento em que Érick e o acusado de ter cometido o assassinato, cumpriam uma determinação judicial para a entrega do filho do médico com sua ex companheira.  O médico Érick Alves Pinto de Albuquerque, era filho de Sueli Pinto que já foi Secretária de Saúde de Volta Redonda.

Publicidade

Leia Também:

Se julgado e condenado, o autor do assassinato pode ir à prisão com uma pena que varia entre 06 e 20 anos de cadeia.

_______

Conforme reportagem do Jornal Folha do Aço:  “Durante depoimento em sede policial, sob a coordenação do delegado titular Vinícius Coutinho e orientação do delegado adjunto José Carlos Neto, o acusado chegou a se passar por vítima de uma tentativa de agressão. A companheira de Érick, presente no momento da agressão, no entanto, relatou que o suspeito sacou uma faca durante o encontro, desencadeando uma luta entre os dois homens. Ainda segundo ela, mesmo com tentativas de separação, o agressor conseguiu ferir Erick no peito. O médico foi socorrido às pressas e levado ao Hospital São João Batista, onde passou por cirurgias e recebeu transfusão de sangue.”  

 

Comentários:

Veja também

Secom Governo do Estado do Rio
Secom Governo do Estado do Rio

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!