Revista Acontece Interior, Rio de Janeiro, Interior, Brasília, São Paulo

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Notícias/Economia

LUCRO DA CEDAE CRESCE EM 2022 APÓS A CONCESSÃO DOS SERVIÇOS DE SANEMAENTO

A Companhia investiu, em 2022, 13% da receita (quase R$ 300 milhões), contra média de 1,5% nos anos anteriores.

LUCRO DA CEDAE CRESCE EM 2022 APÓS A CONCESSÃO DOS SERVIÇOS DE SANEMAENTO
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

RIO DE JANEIRO, RJ Lucro Cedae

Após a concessão dos serviços de saneamento no estado do Rio, a Cedae fechou o terceiro trimestre de 2022 com lucro líquido acumulado de aproximadamente R$ 394 milhões. O resultado foi obtido diante do aumento dos investimentos em obras como a modernização da Estação de Tratamento de Água (ETA) Guandu e as intervenções em andamento para a construção da ETA Novo Guandu, ambas em Nova Iguaçu. Apesar da redução de 53% na receita operacional líquida - de R$ 4,86 bilhões nos três primeiros trimestres de 2021 para R$ 2,27 bilhões em igual período este ano -, a Companhia investiu, em 2022, 13% da receita (quase R$ 300 milhões), contra média de 1,5% nos anos anteriores.“Os bons números são consequência de mudanças na filosofia e na gestão da Cedae, para adaptar a companhia a uma nova configuração, após a concessão dos serviços de distribuição de água e esgotamento sanitário. Mas o maior benefício quem ganha é a população, que já está sendo melhor atendida” comemorou o governador Cláudio Castro.

Para o secretário de Estado da Casa Civil, Nicola Miccione, os resultados positivos da Cedae também são reflexo da concessão dos serviços de água e esgoto realizada no estado. “Quando tiramos do papel a concessão de saneamento, havia muita preocupação com a Cedae. Hoje, com o crescimento da companhia, temos a certeza de que foi uma decisão acertada. Estamos ampliando o acesso ao saneamento no Estado e ainda temos uma Cedae em expansão, que pode se dedicar à produção de água, investindo em tecnologia” explicou o secretário.

Publicidade

Leia Também:

Segundo o presidente da Cedae, Leonardo Soares, a previsão para 2023 é de ampliação dos investimentos para 30% da receita.

“Chegamos à Cedae com o desafio de preparar a empresa para o período pós-concessão do saneamento. Transformamos áreas que realizam serviços especializados em prestadores de serviços para clientes externos e reduzimos custos com a revisão de contratos com fornecedores e com programas de demissão voluntária, entre outras medidas, e vamos investir maciçamente em segurança hídrica e qualidade da água” destacou.

 

Comentários:

Veja também

SESC RJ
SESC RJ

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!