Revista Acontece Interior, Rio de Janeiro, Interior, Brasília, São Paulo

Domingo, 16 de Junho de 2024

Notícias/Ciência & Tecnologia

INDÚSTRIAS NUCLEARES DO BRASIL REALIZA EXERCÍCIO GERAL E TESTA RESPOSTA À EMERGÊNCIA NA INB

Atividades foram coordenadas pelo Comitê de Planejamento de Resposta a Situações de Emergência Nuclear no Município de Resende

INDÚSTRIAS NUCLEARES DO BRASIL REALIZA EXERCÍCIO GERAL E TESTA RESPOSTA À EMERGÊNCIA NA INB
Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

RESENDE,RJ Teste Emergência Indústrias Nucleares do Brasil com fotos divulgação INB

Exercício Geral de Resposta Integrada à Emergência e Segurança Física na Fábrica de Combustível Nuclear (FCN) da Indústrias Nucleares do Brasil (INB), em Resende/RJ, foi realizado nesta quarta-feira, dia 21, com a participação de 250 pessoas. Entre os objetivos do exercício, supervisionado pelo Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, órgão central do Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (Sipron), estava a possibilidade de os órgãos e entidades participantes avaliarem seu sistema de pronta-resposta durante uma situação de emergência na fábrica. As atividades foram orientadas pelo Comitê de Planejamento de Resposta a Situações de Emergência Nuclear no Município de Resende (Copren/RES), composto pela INB e 17 instituições externas. O evento de preparação e avaliação aconteceu nos dias 20 e 22 de setembro, respectivamente.

O simulado durou sete horas e previu diversos cenários, como incêndio, socorro a vítimas, ações de segurança física e patrimonial, ataque cibernético e comunicação com o público externo. No dia 20, participaram da abertura do Exercício o secretário de coordenação de Sistemas do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, contra-almirante Marcelo da Silva Gomes; o presidente da INB, Carlos Freire; o diretor de Radioproteção e Segurança Nuclear da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), Ricardo Guterres; diretor-substituto da Polícia Rodoviária Federal, Marcos Antônio de Bastos; o subsecretário de Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro, Márcio Romano Custódio; e o comandante do 37° Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Willian de Freitas.

Publicidade

Leia Também:

Na abertura, o presidente da INB Carlos Freire, falou sobre a importância de fazer o treinamento de forma integrada com outras instituições. “O grande legado desse exercício é integrarmos as instituições visando a segurança, principalmente na área nuclear, tão sensível e importante para o país”, disse.

O secretário de coordenação de Sistemas do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República ressaltou que o exercício é o final de um trabalho realizado durante todo o ano pelo Copren/RES. “Queremos treinar para nunca precisarmos usar, mas se precisarmos, não podemos perder tempo pensando no que fazer, pois infelizmente a tecnologia nuclear é permeada de vários mitos que são contrários ao seu uso, independente dos benefícios que ela causa”, finalizou Gomes.

São membros do Copren/RES: 

  • Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI/PR);
  • Indústrias Nucleares do Brasil (INB); 
  • Agência Brasileira de Inteligência (Abin); 
  • Ministério da Defesa;
  • Marinha do Brasil; 
  • Exército Brasileiro; 
  • Força Aérea Brasileira (FAB); 
  • Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec); 
  • Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN);
  • Polícia Federal (PF); 
  • Polícia Rodoviária Federal (DPRF); 
  • Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro (DGDEC/RJ);
  • Instituto Estadual do Ambiente (Inea); 
  • Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ); 
  • Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PCERJ); 
  • Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro;
  • Diretoria Geral de Defesa Civil de Resende (DGDC/RES); e 
  • Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

 

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!