Revista Acontece Interior, Rio de Janeiro, Interior, Brasília, São Paulo

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Notícias/Ciência & Tecnologia

INB RECEBE NO PORTO DO RIO MATÉRIA-PRIMA PARA FABRICAÇÃO DE COMBUSTÍVEL PARA USINA NUCLEAR ANGRA 1

O urânio será utilizado para a fabricação de 44 elementos combustíveis que compõem a 29ª recarga de Angra 1

INB RECEBE NO PORTO DO RIO MATÉRIA-PRIMA  PARA FABRICAÇÃO DE COMBUSTÍVEL PARA USINA NUCLEAR  ANGRA 1
Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

RIO DE JANEIRO,RJ Direto da Rússia para o Sul Fluminense: INB recebe 21 toneladas de Urânio Enriquecido

A Indústrias Nucleares do Brasil – INB, com sede em Resende, Sul Fluminense, recebeu na quinta-feira, dia 22 de fevereiro, cerca de 21 toneladas de urânio enriquecido importado da Rússia. O material chegou ao Porto do Rio de Janeiro acondicionado em 14 cilindros e foi transportado no mesmo dia para a Fábrica de Combustível Nuclear da INB, em Resende/RJ, onde será utilizado na fabricação dos elementos combustíveis para a 29ª recarga de Angra 1.

 A carga foi acondicionada em cinco contêineres e o comboio seguiu do porto para Resende. O transporte, planejado e coordenado pela INB, cumprindo os Planos de Transporte aprovados pelos órgãos de controle, contou com o apoio e a participação do Departamento de Coordenação de Assuntos Nucleares (DCANuc) do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSIPR), da Comissão Estadual de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis do Rio de Janeiro (Cesportos-RJ), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do RJ, Agência Brasileira de Inteligência e Guarda Portuária-RJ. “O urânio será utilizado para a fabricação de 44 elementos combustíveis que compõem a 29ª recarga de Angra 1, contribuindo para a geração de energia limpa, com baixa emissão de carbono”, comentou Adauto Seixas, presidente da INB. A usina de Angra 1 gera energia suficiente para suprir uma cidade de 1 milhão de habitantes.

Publicidade

Leia Também:

Recarga é o nome utilizado para a troca de elementos combustíveis no reator da usina. As paradas para reabastecimento de Angra 1 ocorrem aproximadamente a cada 14 meses, e nessas ocasiões é trocado 1/3 do total de elementos combustíveis. Cada elemento permanece no reator por três ciclos.

Sobre o enriquecimento: O urânio encontrado em sua forma natural não produz energia. O processo de enriquecimento é realizado para separar e aumentar a concentração de um dos isótopos do urânio, o U235, de 0,7% (como ele se encontra na natureza) até 5% (suficiente para que ele gere energia).

 

 

Comentários:

Veja também

Secom Governo do Estado do Rio
Secom Governo do Estado do Rio

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!