Revista Acontece Interior, Rio de Janeiro, Interior, Brasília, São Paulo

Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024

Notícias/Esporte

FINAL DO CARIOCA ENTRE FLA X FLU FOI ALÉM DO FUTEBOL COM DESTAQUE AO MÊS DE CONSCIENTIZAÇÃO DO AUTISMO

Governo do Estado participou da programação sobre crianças autistas em campo com balões azuis, atletas e com adesão do público

FINAL DO CARIOCA ENTRE FLA X FLU FOI ALÉM DO FUTEBOL COM DESTAQUE AO MÊS DE CONSCIENTIZAÇÃO DO AUTISMO
Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

RIO DE JANEIRO, RJ Autismo – Além do Futebol na final do carioca com fotos de André Luiz Mello e Luís Alvarenga

O esporte entrou em campo no último sábado, dia 1º de abril, na final do Campeonato Carioca 2023, para bater um bolão pela inclusão. Uma homenagem especial para o mês de conscientização do autismo tomou conta do gramado, e contou com a participação do Governo do Rio, da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, da Suderj, com o apoio do Flamengo e do Fluminense, que disputam o título. No gramado, antes da partida, os times entraram em campo acompanhados de crianças autistas.

“A gente sabe como o Maracanã reverbera tendência, como o Maracanã é um espaço de todos. E como um espaço de todos, que também seja da criança, do jovem e do adulto autista. Que ele possa realmente ser acessível a todos que querem se divertir e torcer. As nossas crianças autistas são muito bem-vindas aqui” comentou o governador Cláudio Castro. Logo na entrada do estádio, balões azuis foram distribuídos pela vice-presidência do Esporte para Saúde e Pessoas com Deficiência da Suderj, que organizou as ações. “O esporte é um dos melhores meios para a inclusão e conscientização desta pauta na sociedade. Sabendo da nossa responsabilidade, pensamos nessa ação para conscientizar as torcidas da importância da inclusão em todos os espaços” explicou o presidente da Suderj, Gelby Justo.

Publicidade

Leia Também:

O primeiro gol da noite foi feito pelo Théo José, de 11 anos, apaixonado pelo Flamengo. O menino teve a oportunidade de ser ovacionado pela torcida dos dois times e sentir a emoção de golear a rede mais famosa do futebol brasileiro. Já o tricolor de 24 anos Lucas Mação, que também participou da ação, grava vídeos para a internet fazendo análises do Fluminense e sonha em ser comentarista esportivo. Sua mãe, a professora Djane Pavan, disse que a ação foi um sonho realizado.

“Hoje o meu filho está realizando um sonho, ele nunca veio num Fla x Flu e ficou falando disso desde o dia que recebeu o convite. Nós estamos muito felizes em ver ele tão animado com a coisa que ele mais ama na vida: o futebol” comentou.

No próximo dia 4, durante o Tour Social no Maracanã, um grupo de crianças autistas também vai poder conhecer de perto o acervo do Museu do Futebol, a calçada da fama, os vestuários, e até chutar ao gol no gramado do estádio mais querido do futebol.

"Hoje foi dia do sonho virar realidade. Estivemos com vários torcedores mais do que bem-vindos, em qualquer lugar do Estado do Rio de Janeiro. Torcedores autistas, no Maracanã, para ver o Fla x Flu da final. Porque esporte lindo é esporte inclusivo” ressaltou Renato de Paula, vice-presidente de Esporte para a Saúde e PcD da Suderj.

 

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!