Revista Acontece Interior, Rio de Janeiro, Interior, Brasília, São Paulo

Domingo, 16 de Junho de 2024

Notícias/Política

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SÃO PAULO SE APROXIMA DO FIM DE ANO COM RESULTADOS POSITIVOS

Reflexos das ações e novos caminhos escolhidos por Pignatari, atual presidente da Alesp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SÃO PAULO SE APROXIMA DO FIM DE ANO COM RESULTADOS POSITIVOS
Fotos: Divulgação
Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

ALESP 

Natural de Votuporanga, na região Noroeste do Estado de São Paulo, há 520 km da capital paulista, Carlão Pignatari de 62 anos, prefeito por dois mandatos na cidade natal e três vezes eleito deputado estadual, está, desde março deste ano, como presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) (biênio 2021/2023). Caminhando para nove meses à frente de um dos principais parlamentos da América Latina, Carlão e a atual mesa diretora, podem computar bons números e resultados positivos, nesse momento em que a sociedade, começa efetivamente, a viver no pós pandemia.

Entre as experiências positivas, ainda como prefeito em Votuporanga, a educação foi a que mais se destacou no mandato de Carlão e fez com que sua cidade natal, fosse reconhecida como “capital estadual da educação” além de município referência em desenvolvimento para a região. Resultados que o ajudaram a seguir na vida pública.  

Publicidade

Leia Também:

Desde o início deste mandato como presidente da Alesp, em março, Carlão conseguiu economizar, mais de R$20 milhões, vindos principalmente, da revisão de contratos de prestação de serviços e da não utilização das verbas de gabinete por parlamentares. Como consequência, foi possível doar nos últimos meses, 150 mil cestas básicas a famílias paulistas em situação de vulnerabilidade. É a maior contribuição já registrada pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, que fez a distribuição dos alimentos.

"As pessoas estão precisando de ajuda para comer. Nós queremos sim fazer doação para que as pessoas tenham uma boa alimentação dentro da sua casa", afirmou o parlamentar. Na Saúde, a Alesp também atuou de forma propositiva com base no colegiado dos 94 deputados. Foram destinados cerca de R$155 milhões, em emendas para a saúde de 427 prefeituras paulistas. Foi o maior volume desde a mudança na Constituição Estadual, feita em 2018.

Outra ação positiva da Alesp, veio da atuação conjunta do presidente Carlão e dos parlamentares que aprovaram o programa Bolsa do Povo e que está distribuindo R$1 bilhão a 500 mil famílias de todo o Estado. Em razão da aprovação da Lei que dispõe sobre medidas de combate ao Coronavírus, por deputados e deputadas da Assembleia, o governo estadual anunciou em julho, a compra de 30 milhões de doses extras da vacina Coronavac, para uso nos 645 municípios paulistas.

Um outra tema de suma importância, o combate à violência contra a mulher, está entre as principais pautas da Alesp. Os deputados e deputadas tem trabalhado com cerelidade e a Assembleia já aderiu à campanha "Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica", lançada pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e a AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros). A intenção é criar e fortalecer uma rede de denúncias contra a violência doméstica que aumentou consideravelmente na pandemia da Covid-19. O termo foi assinado pelo presidente da Assembleia, deputado Pignatari, em conjunto com a presidente da Apamagis (Associação Paulista de Magistrados), Vanessa Mateus, e com a Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo), representada pela presidente do CMEC (Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura), Ana Claudia Badra Cotait, durante sessão solene.

Com essa adesão, a Alesp se compromete a divulgar a campanha, estimular parceiros a promover a articular, a participação das prefeituras paulistas, além de mobilizar as bases dos parlamentares para o assunto.

"Apoiamos todas as ações que busquem a redução de casos de violência contra a mulher. A Assembleia tem responsabilidade e se sente honrada em firmar esse termo de adesão na defesa de uma causa tão importante para São Paulo e para o Brasil", afirmou Carlão.

Além de investimentos sociais e na recuperação de estradas vicinais, também na região Noroeste de São Paulo, Pignatari participou recentemente do anúncio do investimento de R$ 1,1 bilhão para construir mais de 10 mil unidades habitacionais em 87 municípios do estado no programa “Nossa Casa: CDHU, preço e apoio”.

A destinação de verbas para as Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, no total de R$1,2 bilhão por ano, para apoiar estas unidades no custeio da prestação dos serviços SUS, dentro do Programa “Mais Santa Casas”, também teve a solicitação e atuação do deputado Carlão. Uma das mais recentes ações como presidente da Alesp, foi a doação de 77 veículos da frota antiga da Assembléia, para um leilão do Fundo Social de Solidariedade do Estado.

A estimativa é arrecadar, ao menos, R$2,1 milhões, que serão aplicados em ações assistenciais a famílias em situação de vulnerabilidade social. “Mais uma vez, a Alesp dá exemplo de responsabilidade social, ao economizar recursos, modernizar sua gestão e propor ações concretas para ajudar as famílias que mais precisam e que foram impactadas pela pandemia”, finaliza Pignatari.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!